Consulado-Geral de Portugal em São Paulo - Serviços ZERO! Casa de Portugal de São Carlos mais uma vez na linha da frente
(*) Rui Sintra
Consulado-Geral de Portugal em São Paulo - Serviços ZERO! Casa de Portugal de São Carlos mais uma vez na linha da frente

Ao dar sequência à indignação e reclamação manifestadas já anteriormente pela diretoria da Casa de Portugal de São Carlos a diversas entidades governamentais portuguesas acerca da situação anómala por que passam os serviços do Consulado-Geral de Portugal em São Paulo, que desde há cerca de um ano comprometem as necessidades de seus usuários, quer sejam portugueses e lusodescendentes residentes no Estado de São Paulo, quer sejam brasileiros, todos eles necessitando dos serviços e apoios para a resolução dos mais diversos problemas e necessidades, chegou-se a um ponto em que será o próprio Ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal que deverá resolver essa situação inusitada, que compromete, agora e de forma direta, a imagem de Portugal no Brasil.

Recordamos que a representação oficial do Estado Português desde há cerca de um ano a esta parte deixou de prestar, com celeridade e qualidade, os mais diversos serviços - desde a emissão de passaportes e cartões de cidadão (o equivalente ao RG brasileiro), como a emissão de vistos e de diversos outros serviços, o que tem provocado as mais diversas reações dos usuários, entre indignações, reclamações e lamentos, como se pode constatar através do Facebook do Consulado-Geral de Portugal - https://www.facebook.com/consuladodeportugalsp . Mais grave ainda é que são infrutíferas as tentativas de quem pretende entrar em contato com essa representação do Estado Português, já que o mesmo não atende telefones, não responde emails, não se comunica de forma alguma com quem precisa de seus serviços.

Após ter tido a oportunidade de trocar algumas breves impressões com S. Exª o Presidente da República de Portugal, Prof. Marcelo Ribeiro de Sousa, em sua visita ao Consulado de São Paulo, em julho último, e embora tendo a perfeita noção de que a matéria em questão não era do foro da competência do mais alto dignitário da República, mesmo assim decidi, juntamente com os restantes diretores da instituição sãpo-carlense, enviar uma missiva relatando os fatos, no mínimo para que os mesmos pudessem ficar devidamente registrados.

Como era de esperar, a Presidência da República de Portugal respondeu, alegando que a matéria não era da competência institucional do Presidente da República, mas informando que a missiva seria endereçada ao Primeiro Ministro Português, Dr. António Costa, como se exibe abaixo.

alt

De igual forma e rapidamente, o Gabinete do Senhor Primeiro Ministro de Portugal endereçou-nos um ofício informando que o assunto tinha sido enviado para o Senhor Ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Dr. João Gomes Cravinho, conforme se pode ver na imagem abaixo.

alt

Ou seja, nossa missiva chegou aos mais altos dirigentes do Estado Português, cabendo aguardar os devidos desenvolvimentos, atendendo a que o ônus está agora no terreno do Governo Português, o qual deverá dar os esclarecimentos cabíveis e resolver a infeliz situação por que passa o Consulado-Geral de Portugal em São Paulo.

A Casa de Portugal de São Carlos estará sempre na primeira linha da frente quando os direitos, liberdades e garantias dos seus associados e dos restantes portugueses e lusodescendentes residentes no Estado de São Paulo estiverem em risco, ou quando essa representação portuguesa não der o devido apoio aos mesmos ou aos cidadãos brasileiros que dela necessitem, pelas mais diversas razões.

Enquanto houver um associado da Casa de Portugal de São Carlos, um português e/ou lusodescendente radicado no Estado de São Paulo, ou brasileiro, que necessitem de um apoio dessa representação oficial do Estado Português e que o mesmo não seja prestado por incúria ou negligência, estaremos sempre na vanguarda para que nossa voz seja ouvida...

Mesmo quer seja do outro lado do Oceano!

O autor é jornalista profissional / correspondente para a Europa pela GNS Press Association  / EUCJ - European Chamber of Journalists / European News Agency) - MTB 66181/SP.

Esta coluna é uma peça de opinião e não necessariamente reflete a opinião do São Carlos Agora sobre o assunto.

Fonte: São Carlos Agora . Leia o artigo original: Consulado-Geral de Portugal em São Paulo - Serviços ZERO! Casa de Portugal de São Carlos mais uma vez na linha da frente

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários